A Associação Amigos do Comboio de Lata está a promover uma petição pública com o objectivo de trazer ao espaço público o velho ‘comboio de lata’.


Os promotores da petição consideram que o ‘comboio de lata’ é “um elemento marcante da história e do património da Marinha Grande”. E com a iniciativa pretende tornar “acessível a todos este marco história e património” da Marinha Grande.

O comboio-de-lata foi um pequeno comboio alimentado a lenha, que circulou no interior da Mata durante 42 anos, ao serviço da Administração das Matas (de 1923 a 1965). Considerado o “ex-líbris” do Pinhal do Rei, o comboio circulava no interior do Pinhal e na cidade da Marinha Grande para transportar madeiras, pedra e areias ao longo de uma linha que chegou a ter cerca de 30km. Foi baptizado pela população com o nome de “comboio-de-lata” por ser um comboio de pequena dimensão, semelhante a um “comboiozinho de brinquedo”.

Em 1996, por iniciativa da Junta de Freguesia da Marinha Grande a pequena locomotiva foi retirada de São Pedro de Moel, sujeita a algumas intervenções de conservação e restauro e posteriormente exposta na Feira de Artesanato e Gastronomia do concelho. Foi provavelmente uma das suas últimas aparições.

Durante a preparação da primeira edição do “marinha a tempo e horas”, organizada pela Associação Amigos do Comboio de Lata, surgiu a ideia de trazer ao espaço público este elemento marcante da história e do património da Marinha Grande. Contudo, na altura e apesar dos nossos vários esforços, não foi possível obter a autorização junto da CMMG para a colocação do velhinho Comboio de Lata no Centro Tradicional. Desde então, a ideia permaneceu entre os membros da associação mas também entre muitos outros que nos abordam perguntando para quando a colocação do velhinho Comboio de Lata no Centro Tradicional?

e-max.it: your social media marketing partner