Aliás, desde o passado sábado que os relatórios passaram a incluir um mapa relativo à incidência a 14 dias no quer se refere ao número de novos casos detetados por cada 100 mil habitantes.

Esta terça feira, 18 de janeiro, o relatório dava conta de uma incidência de 3337 casos/100 mil habitantes no concelho vidreiro. Nazaré era o concelho com a maior incidência de casos a 14 dias (5161) e Alvaiázere encontrava-se no extremo oposto (1973).

Na reunião de câmara de segunda feira, a vereadora Ana Laura Baridó deu conta da existência de uma taxa de incidência “muito elevada” na Marinha Grande com “alguns surtos ativos”, dando como exemplo o Centro-Infantil Arco Íris, gerido pela Santa Casa da Misericórdia.


A autarca disse ainda que todas as pessoas que vão estar a trabalhar nas mesas de voto nas Legislativas de 30 de janeiro serão testadas no dia 28, à tarde, por iniciativa do Município. Garantir a segurança de todos os intervenientes é o objetivo da medida.

A este respeito, informou que as pessoas que ainda não foram vacinadas com a dose de reforço podem recorrer ao Centro de Vacinação, no Parque de Exposições, no regime de ‘casa aberta’, ou seja, sem necessidade de marcação prévia (terças, quintas, sábados e domingos, das 9h às 16h).

e-max.it: your social media marketing partner